sábado, 9 de fevereiro de 2013

Estou aqui, longe de ti
Querendo fugir, gritar, e chegar
até onde tu estás, que é onde eu devo estar
assim poderia te cantar
as nossas canções de embalar
e juntos, adormeceríamos e continuaríamos a sonhar.

Estou querendo te abraçar
Estou desejando te beijar
Meu amor, por nós eu vou lutar
Não é esta distância que vai acabar
a nossa ligação. Esta me faz acreditar
 que posso ir à lua, posso voar.

4 comentários:

patrice disse...

obrigada, joana :')
gostei imenso do poema!

Catarina F ;) disse...

o poema esta fofo ;)
Ps: Segui ;D

Sofia disse...

Estou cada vez mais encantada com o teu blog! Adorei o poema (:

Paula disse...

que lindo :)
acho bem, não é a distância que vai acabar com tudo, força*